Ajudamos o seu site a subir na Internet

Crie uma Campanha AdWords de Sucesso – Parte 1

1-Quantifique a procura


Este passo é bastante importante. Se os utilizadores do Google não estão a fazer procuras por um produto ou serviço, então não existe campanha de links patrocinados que consiga funcionar para esse produto ou serviço.
Portanto, antes de mais, verificar que existe de facto volume de procura para o que estamos a tentar promover.

O AdWords tem uma ferramenta para esse efeito, chamada “Keyword planner” e que permite estimar não só o volume de procura para os termos que iremos indicar, mas também o CPC (custo por clique) aproximado e até a posição estimada do anúncio e respectivo CTR (aceitar estas estimativas sempre com reserva, obviamente).

Além disso o Planeador de palavras-chaves do Google AdWords ainda nos dá sugestões de “termos de pesquisa” parecidos ou relacionados e dá-nos a possibilidade de os agrupar para que os possamos atribuir a grupos de anúncios de temas distintos.

Esta informação é a base de qualquer campanha adwords e ajuda-nos a conseguir estruturar devidamente a nossa 1ª campanha de links patrocinados

Antes de inserir os termos para os quais desejamos dados, deveremos pelo menos configurar em “targeting” a zona geográfica e  a(s) língua(s). Aconselha-se ainda o uso do “phrase match” para uma estimativa de tráfego mais realista.

Finalmente, deverá introduzir os termos que pensa sejam adequados para a campanha que está a desenhar e pedir as estimativas e ideias.

A ferramenta de planeamento de palavras chave do adwords ainda lhe agrupará as palavras que julgue estarem relacionadas e pode adicioná-las ao seu plano e introduzir cada tema como um novo grupo de anúncios.

Aconselhamos ainda a introduzir na ferramenta a página de destino para onde pretende enviar os utilizadores e a área de actividade da sua empresa para que o sistema possa avaliar convenientemente o CPC e também a competição.

 

kiss-1a

Existem 3 perguntas que deve fazer a si próprio antes de adicionar qualquer palavra-chave à sua lista

  1. A palavra chave é procurada no Google? Se não houver volume de pesquisa não vale a pena adicionar
  2. A intenção do termo é boa para o objectivo da campanha? Por exº se for informacional para um site de venda online nem por isso. Se for transacional é muito melhor (termos que incluam verbos como “comprar”, “adquirir”, etc)
  3. Vale a pena investir nessa palavra chave a esse valor? Para isso terá de fazer algumas contas básicas:
2-Calcule o máximo que pode pagar por cada clique

Para saber se vale a pena incluir uma palavra-chave e ter lucro com ela vai precisar de fazer algumas contas simples e saber alguns indicadores para incluir na equação e determinar qual o CPC máximo, ou seja o valor máximo que é possível pagar por cada clique e ainda ser rentável (uma espécie de break even para o clique).

Para o calcular terá de saber a sua taxa de conversão média, o lucro médio por conversão e a margem desejada para a campanha.

taxa de conversão – nº de conversões / nº de cliques
lucro médio por conversão – Quanto ganha em média em cada conversão
margem desejada – qual o retorno que quer do montante investido na campanha de links patrocinados

CPC máximo = lucro médio por conversão x (1-margem desejada) x taxa de conversão

Por exº: Se tiver 100€ de lucro em cada conversão e sabe que em média para cada 100 cliques tem uma conversão (ou seja uma taxa de conversão de 1%) e deseja obter um retorno de 30% sobre o valor investido nesta campanha de AdWords, então a equação seria:

CPC máximo = 100€ x (1 – 0.3) x 0.01 = 0.7
ou seja 70 centimos por clique. Este é o valor máximo que poderá pagar por clique para garantir que terá um retorno mínimo de 30% sobre o montante investido na sua campanha do Google AdWords.

Para poder pagar mais por cada clique e ainda ser lucrativo na percentagem pretendida terá de aumentar a taxa de conversão (otimizando a sua campanha adwords) ou aumentar o lucro por conversão (a parte comercial portanto)

Concluindo: Uma vez sabendo o seu CPC máx deverá incluir as palavras-chave que lhe interessam e que estejam abaixo do seu CPC máximo. Desta forma vai garantir que a sua campanha pay per click será lucrativa.

3-Avalie a competição no seu nicho

Agora que já tem uma lista de palavras que lhe interessam e que sabe pode pagar, deverá reduzir o risco estudando com atenção os seus competidores, em particular aqueles que estão há algum tempo a anunciar no AdWords e retirar alguma informação útil para a sua própria campanha.

Para isso existem algumas ferramentas no mercado especializadas. São pagas, mas normalmente têm uma versão simples mas gratuita que poderá servir para melhorar o desempenho das suas campanhas.
Spyfoo.com e KeyWordSpy.com são 2 destas ferramentas. Experimente uma!

No caso de Portugal existem poucos dados de um modo geral mas para anunciantes com alguma dimensão é possível obter dados. Os dados que mais lhe interessam são:

  • Quais as palavras-chave que estão a comprar
  • Quais os anúncios que estão a utilizar

( o historial é muito importante para aprender o que não resultou!)

Deve também usar o próprio Google (ou a ferramenta Ad Preview) para avaliar quem são os seus actuais competidores e quais são os anúncios que estão a passar. Desta forma poderá pensar na melhor forma de diferenciar positivamente.

4-Determine a melhor “Proposta Diferenciada de Valor”

A sua proposta é aquilo que será mais importante para os seus potenciais clientes. É o que o vai distinguir do restantes concorrentes e o seu principal argumento para o escolherem a si e não a qualquer outro.

Tem basicamente 3 funções:

  • Atrair clientes desejados e afastar clientes indesejados
  • Aumentar a taxa de conversão
  • Posicionar-se à parte do factor preço

Como criar uma proposta que o diferencie e tenha valor para os seus clientes?

  1. Foque-se na sua principal vantagem. Onde é realmente bom e se distingue da concorrência. Não seja vago, apresente um argumento concreto e objectivo.
  2. Fale com os seus melhores clientes e escute-os. Irá ficar admirado com o que pode aprender com eles!
  3. Analise a sua competição com atenção, leia o que dizem os seus anúncios e seja diferente. Não caia na tentação fácil de ser mais um a oferecer o mesmo por outras palavras
5-Tenha uma oferta irresistível

O que pode oferecer num anúncio do adwords que seja tão irresistível que faça um utilizador clicar nele mas que o distinga de entre todos os outros anúncios que aparecem também?

Pense nestes 4 factores:

  • Seja valorizado pelos seus potenciais clientes. Destaque o benefício que eles terão ao adquirir o seu produto ou serviço de forma a que o preço seja secundário
  • Seja credível. Se a sua oferta for muito boa mas não tiver uma justificação, grande parte irá desconfiar ou duvidar da sua veracidade.
  • Reduza o risco. Dê garantias para que o potencial cliente se sinta seguro de que não se irá arrepender.
  • Apele à acção. Diga de forma direta e simples o que deseja que o utilizador faça!

 

Estes são os passos essenciais. No entanto vamos ter de criar os anúncios e configurar as campanhas assim como otimizá-las continuamente para que o seu investimento em links patrocinados seja rentável

0
  Artigos relacionados